Neste artigo nós trazemos as principais informações sobre como participar do sorteio Nota do Milhão; veja também onde emitir os cupons e como receber o prêmio sorteado


O que é a Nota do Milhão?

O Nota do Milhão é um programa bem parecido com a Nota Fiscal Paulista, mas que se refere aos estabelecimentos paulistanos. Dessa forma, quem o criou foi a Prefeitura de São Paulo e serve para que os consumidores participem de sorteios por requisitar a sua nota fiscal.

Os paulistanos não recebem devoluções em dinheiro, como o Nota Fiscal Paulista, mas podem ganhar até R$ 2.000.000,00 pelos sorteios. Além disso, todos os comércios da cidade estão incluídos, destacando-se que o cidadão deve reforçar que quer o seu CPF na nota fiscal.

Como participar do sorteio da Nota do Milhão


Como participar da Nota do Milhão?

Aqueles que quiserem estar nos sorteios da Nota do Milhão precisam entrar em http://notadomilhao.prefeitura.sp.gov.br/ e cadastrar-se. A partir disso, eles terão sempre de solicitar aos comerciantes que o CPF seja posto na nota fiscal: mensalmente, esses consumidores receberão cupons.

A Prefeitura de São Paulo costuma sortear sempre no começo de cada mês, mas o site da Nota do Milhão tem um calendário para ajudar os consumidores a saber dos sorteios. O valor sorteado é sempre de R$ 1.000.000,00, com exceção de dezembro: nesse mês, sorteia-se o dobro.


Onde pedir a Nota do Milhão?

Dentre os tipos de estabelecimentos em que se pode pedir a Nota do Milhão estão limpeza, hoteis, assistências técnicas, cursos de idiomas, creches, academia, oficinas mecânicas, cabeleireiros, construtoras, faculdades e muito mais.

O site da Nota do Milhão disponibiliza também uma lista de prestadores onde se conseguem cupons. Eles podem ser autoescolas, funilarias, transporte de bens, laboratórios veterinários, advocacia e outros; contudo, a página não tem o nome das empresas.


Como funcionam os sorteios da Nota do Milhão?

Os cupons que os paulistanos recebem são para apenas o sorteio daquele mês: para que esses consumidores participem dos próximos, é necessário continuar requisitando a nota fiscal em suas compras. Os cidadãos ficam sabendo quando foram sorteados fazendo seu login: ressalta-se que eles têm de procurar a Prefeitura para solicitar o dinheiro, inclusive tendo o seu cupom.

Para que o cupom seja incluído no sorteio, ele precisa ter sido emitido até o último dia 25. Todos os que forem referentes a notas fiscais de dias posteriores são colocados no sorteio do mês seguinte e ressalta-se que cada CPF que estiver cadastrado só pode ter 100 cupons. Sendo assim, as famílias costumam colocar vários CPFs registrados, mas é indicado eles sejam apenas de pessoas maiores de 16 anos.


Como receber o prêmio da Nota do Milhão?

Quando o cidadão é sorteado, ele só poderá receber a quantia em uma conta da Caixa Econômica Federal: é obrigatório que ela esteja no nome de quem foi sorteado e a única agência que realiza esse pagamento é a da 25 de janeiro.

Pode parecer que existe muita complicação para receber o prêmio, mas essa é uma maneira de a Prefeitura de São Paulo e a CEF garantirem que terceiros não ficarão com a quantia sorteada em vez do contribuinte. 


Resultados dos sorteios da Nota do Milhão

A Prefeitura de São Paulo mostra uma explicação minuciosa sobre como os cupons do Nota do Milhão são sorteados. Basta que as pessoas usem o site dado e que cliquem em Informações técnicas: o sorteio utiliza dois tipos de bolinhas, sendo algumas com números entre 00 e 99 e outras com numeração entre 0 e 9.

Quem trata do sorteio é a Caixa Loterias e é possível que sejam realizadas modificações. Um dos motivos é criar maneiras de mais paulistanos serem sorteados e, nesses casos, a Prefeitura e a CEF fazem comunicado aos cadastrados.

Destaca-se que os cidadãos podem mandar reclamações à Prefeitura de São Paulo quando os estabelecimentos não estiverem fazendo os registros da Nota do Milhão. Sempre que as empresas deixam de incluir aquela nota fiscal, o consumidor não recebe seu cupom.


Alcance da Nota do Milhão

Há mais de 2 bilhões de notas fiscais feitas e a quantidade de estabelecimentos paulistas que participam é de 881.264. No site, os cidadãos podem ver de que região da cidade são os últimos sorteados e há direcionamentos especiais para quem é prestador de serviços.

Dentre as coisas que esses empreendedores podem acessar, estão certificados digitais, manuais, autenticação de nota fiscal, legislação e uma área de perguntas e respostas. Há orientações para quem é prestador de serviços, mas como pessoa física, além de um guia para os estabelecimentos que são parte do Simples Nacional.

Quem presta serviços e também os consumidores paulistanos podem usar a área de contato para avisar à Prefeitura sobre problemas com o Nota do Milhão e tirar dúvidas, sendo necessário o CNPJ ou CPF.

Como participar do sorteio da Nota do Milhão


App da Nota do Milhão

Além do site, os cidadãos podem usar o aplicativo da Nota do Milhão, que é disponibilizado na Apple Store e na Google Play Store. Por intermédio do aplicativo, os contribuintes podem encaminhar suas notas fiscais com mensagens de texto, ser notificado pelo Nota Fiscal Paulistana, fazer a emissão dessas notas e também seu cancelamento, etc. O app da Nota do Milhão pode ser colocado em qualquer dispositivo móvel e é criado pelo Prodam SP.

Como participar do sorteio da Nota do Milhão
5 (100%) 1 vote