Confira o passo a passo para consultar saldo Nota Fiscal Paulista.

A Nota Fiscal Paulista é uma ferramenta divulgada pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo em 2007 e que continua funcionando em quase todas as empresas.

No momento, são milhões de paulistas com o seu CPF registrado no site da Nota Fiscal e recebendo a devolução de uma parte dos impostos.

É para isso que esse programa foi começado: para que os clientes ficassem mais estimulados a exigir a sua nota fiscal, coisa que não era considerada importante até então.

Porém, cada vez que uma empresa não fazia a nota fiscal, deixava de recolher impostos, além de o comprador não poder pedir trocas ou fazer reclamações.

Com a Nota Fiscal Paulista, a pessoa acumula semestralmente alguns créditos em dinheiro, que são sacados em abril ou outubro; eles também podem diminuir o valor do seu IPVA se usarem os créditos em questão para o abatimento.


Como fazer a consulta do saldo da Nota Fiscal Paulista agora

O saldo da Nota Fiscal Paulista pode ser visto a qualquer momento.

O cidadão tem de estar cadastrado no site da Secretaria Estadual da Fazenda (https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/login.aspx?ReturnUrl=%2f), delimitando se o documento é de uma pessoa jurídica ou de uma pessoa física.

Se a pessoa não for consumidora, ela pode se identificar como usuária do PROCON, contabilista, contribuinte do ICMS ou fazendário.

Dá para consultar o saldo da Nota Fiscal Paulista utilizando os aplicativos para iPhone ou Android, além de o site da Sefaz aceitar certificado digital.

Destaca-se que as pessoas podem consultar o saldo da Nota Fiscal Paulista quando quiserem, mas que não podem sacar se não for nos meses de abril e de outubro.

Consultar saldo da Nota Fiscal Paulista 2019


Cadastro Nota Fiscal Paulista

Os contribuintes se cadastram de graça no site da Nota Fiscal Paulista e todo o acesso é sem custo.

Primeiro, usa-se o link dado acima: provavelmente, a página estará automaticamente selecionada para “consumidor”; se for assim, basta colocar o CNPJ ou o CPF.

Se quem está se cadastrando é de outra categoria, como fazendário, clicará nesse ícone e colocará as informações que a Sefaz pedir.

O cadastro para a Nota Fiscal Paulista é único, ou seja, o cidadão que perder o login precisará pedir um novo à Secretaria da Fazenda, mas não conseguirá cadastrar seu CNPJ ou CPF pela segunda vez.


Como utilizar os créditos da Nota Fiscal Paulista

O saque dos valores relacionados à Nota Fiscal Paulista pode ser realizado em diversos bancos: o indivíduo que preferir a devolução em dinheiro deve só fornecer uma conta corrente para que o governo estadual faça o depósito.

Por outro lado, quem preferir o desconto no IPVA precisará repassar algumas informações sobre o veículo, como o RENAVAM.

As pessoas que não retirarem os créditos da Nota Fiscal Paulista assim que liberados terão sessenta meses para sacá-los ou para transferi-los ao IPVA.


Como funciona o cálculo de créditos da Nota Fiscal Pta

Deve-se especificar como os créditos para cada CNPJ ou CPF são determinados e não há relação com a marca ou com o preço do produto: um lanche do McDonald’s não recolherá mais impostos do que um lanche de uma hamburgueria menos conhecida.

As porcentagens são especificadas com base no setor em que o estabelecimento atua: as padarias têm uma porcentagem de impostos diferente das lojas de roupas, por exemplo.

As óticas, por exemplo, são locais onde os consumidores podem receber bastante crédito: 1,7% da compra costuma ser depositado de volta ao consumidor.

Os serviços de buffet e semelhantes também fornecem bastante crédito na Nota Fiscal Paulista: é de 5,7%; os menos rentáveis na Nota Fiscal Paulista, porém, são lojas de artigos esportivos.

Consultar saldo da Nota Fiscal Paulista 2019


Reclamações da NFP para a Secretaria da Fazenda

No caso de o cidadão perceber que os comerciantes não estão registrando as suas notas fiscais, é preciso reclamar na Secretaria da Fazenda, mas mantendo a nota fiscal para comprovações.

A Secretaria da Fazenda está em áreas variadas de São Paulo e todas são vistas por meio do http://www.fazenda.sp.gov.br/regionais.

Será necessário clicar em alguma das regiões, como Campinas, Presidente Prudente, ou Guarulhos, havendo a possibilidade de buscar com o nome da cidade. Se não existir um posto Sefaz, basta utilizar o que ficar mais próximo.


Consulta CPF na nota

O termo “CPF na nota” é uma das maneiras de os comerciantes referirem-se à Nota Fiscal Paulista.

Realmente: a nota terá impresso o número do CNPJ ou do CPF do solicitante, significando que a porcentagem de impostos correspondente será retornada àquela pessoa.

É devido a isso que as doações usando cupom fiscal só podem ser feitas quando não há o CNPJ ou CPF impresso.

A consulta é feita no site da Sefaz, usando o cadastro que foi ensinado um pouco acima.

É importante que fique bastante claro aos cidadãos que não existe perigo em colocar seu documento na nota fiscal.

Porém, é importante consultar regularmente o site da Secretaria da Fazenda para acompanhar se os créditos estão sendo registrados.

Consultar saldo da Nota Fiscal Paulista 2019
5 (100%) 1 vote