Os créditos da Nota Fiscal Paulista liberados aos consumidores nesta terça-feira (19) atingiram a quantia de R$ 760,88 milhões, valor recorde desde a criação do programa no ano de 2007. A informação é da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (SEFAZ-SP). A última distribuição de recursos, realizada em outubro de 2010, havia alcançado o número de R$ 615,8 milhões.

Os contribuintes podem resgatar a partir de hoje os créditos referentes às compras realizadas no segundo semestre de 2010. É possível transferir o dinheiro para uma conta corrente ou poupança, além de abater o valor do IPVA. O valor mínimo para realizar a transferência é de R$ 25.

A quantia acumulada está relacionada a fatores como o valor de ICMS recolhido pelo estabelecimento, o número de consumidores que solicitaram a Nota Fiscal Paulista nas lojas e o gasto total em compras.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, os segmentos mais rentáveis para o consumidor são lojas de roupas, calçados, óticas e restaurantes.

Saiba o que você deve fazer para resgatar os créditos da Nota Fiscal Paulista.

Créditos da Nota Fiscal Paulista batem recorde
As informações foram úteis para você? Deixe a sua opinião!